quinta-feira, 15 de novembro de 2012

" TU "

Tu, és tudo quanto amo.
Tu, és a esp'rança, renascida.
Tu, és a coragem, que proclamo.
Tu, és tudo qu'esperei, na minha Vida!

Anos e anos, busquei uma esp'rança.
Anos e anos, esperei como criança;
O brinquedo, que s'anseia, há muito tempo.
E nunca mais!...um minuto, um só segundo,
Eu tive, outro anseio, no Mundo;
Qu'não fosse, o de ter, neste momento!

===========F I M===========

Escrito por: Liska Azevedo Nov. de 1987

Sem comentários:

Enviar um comentário