quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Pierrot e Colombina!

Eu queria ser tua louca Colombina,
Seria pra ti, mais que uma fantasia,
Terias um amor repleto de magia,
Ó meu Pierrot, és minha doce sina!

Ser tua amada, ah, como que eu queria!
De dia, de noite ou pela madrugada,
O meu amor te daria... tudo ou nada,
Centelhas ardentes, te cobriria...

Se ainda quiseres mais carícias,
Entregaria-me com toda euforia
E mergulhando por tuas delícias...

Mais do que dar um sentimento puro,
Seria um extravasar com ousadia...
De um amor já eterno... Então te juro!

© SOL Figueiredo
17/02/2012 – às 22:02h Reeditado em 11/02/2013
Foto

Sem comentários:

Enviar um comentário